Quando você pensa em um sistema construtivo para construir o projeto da casa, vem logo à sua cabeça aquelas paredes de tijolos, montadas sobre vigas ou diretamente, uns sobre os outros, certo? Mas, além deste método convencional no Brasil, existem outros importantes – e consistentes – processos de edificação. O Steel Frame é um desses modelos de projeto, de emprego bastante comum nos EUA e Japão desde a década de 1950, e que começa a ganhar força no Brasil. Você sabe o que é e como funciona a construção de uma planta de casa steel frame?

O que é o projeto construtivo stell frame?

Até mais do que um método construtivo, o steel frame significa um conceito diferente de se construir. Nos países onde foi desenvolvido, o sistema surgiu por conta da escassez e do preço da madeira para a construção de edificações, mas também por causa da destruição de grandes áreas residenciais, sobretudo no Japão, em decorrência dos desastres sofridos pelo país após a Segunda Guerra Mundial. Demorou algumas décadas, mas hoje em dia o conceito vem se espalhando mais rapidamente entre outros países da Ásia, Europa, e há pouco aportou na América do Sul.

Basicamente, esse sistema construtivo se baseia na estruturação de quadros, colunas e vigas horizontais e verticais de aço galvanizado. Esses artefatos de sustentação têm pouco peso, e depois de montados ficam com um aspecto de gaiola ou aramado, organizando o esqueleto do que vai ser construído do piso a cobertura e telhado. Cimento e tijolos não são utilizados, a não ser nas fundações, onde é necessário geralmente o uso de concreto. Com a técnica, pode-se construir uma simples casa de um andar, até edifícios com dezenas de andares.

Como funciona o modelo stell frame ?

Os perfis de aço são formados a frio e suas espessuras podem variar entre 0,8 e 1,25 mm. Os perfis mais usados são aqueles chamados de “guias”, em formato de “U” simples, e ainda os “montantes”, no mesmo formato, porém enrijecidos. O sistema é montado em estruturação modular, criando uma malha sobre a fundação da construção. Os primeiros painéis são chumbados, e a carga passa a ser dividida entre o maior número possível de elementos estruturais.

Depois da armação levantada, pode-se cobrir os perfis metálicos com painéis de madeira, placas cimenticias ou telhas galvanizadas, preenchidas com concreto e tela eletrosoldada. O fechamento interno das paredes geralmente emprega o gesso acartonado e os acabamentos podem ser pintura, aplicação de texturas, azulejos ou pastilhas, e muito mais.

Quais as suas vantagens de um projeto de casa com stell frame?

Light steel frame é um sistema construtivo que apresenta muita flexibilidade, podendo trabalhar em conjunto com outros sistemas industrializados da área de construção e diversos materiais. Por isso, oferece pouquíssima resistência a propostas mais ousadas de projeto.

Suas principais vantagens estão na segurança estrutural e resistência que o sistema oferece. Além disso, o steel frame permite bom isolamento térmico e acústico, regula eficientemente a umidade nos ambientes internos, e na fase de construção é viável otimizar-se com mais perícia os recursos, diminuir as perdas e controlar os investimentos envolvidos no projeto da casa. O material ainda é durável e reciclável, satisfazendo a ideia de construção sustentável e ecológica.

No Brasil, as indústrias já estão atendendo o mercado, disponibilizando os materiais para que o novo método seja corretamente aproveitado, e os técnicos, arquitetos e engenheiros já vêm sendo treinados para lidar com modelos e projetos de casas no sistema steel frame.